sexta-feira

Rayman Origins


Rayman Origins, da Ubisoft, tem lançamento previsto para esse mês e estará disponível nas plataformas XBox, Wii e PS3. Enquanto não sai, já podemos pelo menos ir curtindo as artes e os trailers – divertidíssimos, por sinal.  Cartoon + game. Querer mais o quê?  : )

Trailer:
 E esse é um video mostrando a produção do game pela equipe da Ubisoft. Muito bacana!
VISITE:   Rayman Origins  |  Ubiart.com

domingo


Concept arts de cair o queixo, por Levi Hopkins

Impressionante o estilo do artista Levi Hopkins. Seu trabalho com os brushes e shapes é sensasional. Não há uma só prancha que não abuse desses dois elementos. Demais!  É para admirar e guardar como referência.  Levi Hopkins atualmente trabalha como concept artist no game Guild Wars e também é instrutor na Futurepoly.

terça-feira

VisDev de “Fur”, mais ótimo curta da Gobelins


VisDev de “Fur”, mais um ótimo curta da Gobelins


Deixando bem claro: VisDev é a abreviação, em inglês, de Desenvolvimento Visual . Sabe como é, a área de título aí em cima é bem curta. Então OK, explicações dadas, vamos ao que interessa.
É, não há como negar, esse pessoal da Gobelins é bom mesmo. Mais um curta e desenvolvimento visual de altíssima qualidade vindo de Paris, agora através do artista “Benoit Tranchet“. Visite o blog do rapaz que tem muita coisa boa lá. Tenho certeza que você vai gostar.
Agora as artes:
VISITE: Blog do artista

Advanced Mechs, por John Park




John Park publicou ontem em seu blog um video promocional do Advanced Mech Design, curso doRed Engine Studios onde é instrutor. Mesmo estando em velocidade rápida, o video é bastante didático e mostra parte do processo utilizado em aula, que passa por montagem de uma maquete rápida para referência, estudos de silhuetas, detalhamento em linhas e finalização. Muito bom. Preste especial atenção à fase geração de idéias. Bem interessante.
E aproveitando a oportunidade, veja também algumas peças do belíssimo portfolio do artista, que também é instrutor na CGMW.
VISITE:  Blog do artista

Pranchas de Sandeep Menon para UP

O indiano Sandeep Menon atualmente trabalha como concept designer na Blue Sky Studios. Anos antes, em 2008 Sandeep foi estagiário no setor de arte da Pixar, bem na época do desenvolvimento de UP. Essas são algumas de suas pranchas mostrando seu trabalho de desenvolvimento do refúgio do personagem Charles Muntz e de sua aeronave, a “Spirit of Adventure”.


Abaixo separamos também mais duas pranchas de outros trabalhos de Sandeep. Achei muito boa a forma como ele apresenta a evolução de seus estudos. Visite o blog do artista e veja vários outros de seus trabalhos de concept design.

FEAR – criação argentina com sotaque japonês



O curta de animação “Fear” é daqueles que você assiste e depois é inevitável a pergunta: “Ah, vá, isso é de um estudante?”. Pois é.
Entre 2004 e 2005, Agustim Graham Nakamura esteve no Japão estudando animação e aí acabou fazendo esse curta que, conforme disse eu seu blog “… foi um longo caminho entre erros, acertos, aprendizagem e a colaboração de mais de 15 pessoas entre edição, som e efeitos especais – 10 no Japão e 5 na Argentina…” Taí. O cara, além de ser talentoso, ainda tem habilidade em gerenciar pessoas.
Com uma pegada de sonho, um garoto caminha pela cidade quando percebe que está sendo observado e aí passa a ser perseguido e foge alucinadamente. Depois, um misto de realidade e fantasia muda todo o rumo da história. O curta participou de diversos festivais, entre eles o Anima Mundi BrasilCastelli Animati Itália e o Fejorel, na Argentina. Aqui o blog oficial o filme
Veja aqui o curta
Aqui o Making off. Olha que classe os Sketches.
Imagens

0


segunda-feira

Aprenda animação com os artistas da Pixar



Aaron Hartilne, Andrew Gordon, Michael Makarewicz, Rob Thompson, Tom Gately e Louis Gonzales, todos da Pixar, resolveram se juntar para uma empreitada bem legal: ensinar animação para estudantes que realmente querem aprender.

Para isso, criaram a The Animation Collaborative, escola que oferece workshops de “Story“, “Gesture Drawing“, “Animation” e “Character design“. A duração média é de 8 a 12 semanas e o custo total do curso fica na faixa de 1.500 a 2 mil dólares. A escola fica em Amerville, na California, bem próximo ao estúdio da Pixar.

Para mais informações visite o site da “The Animation Collaborative“. Eu sei que tem um monte de leitores do blog querendo ir estudar fora, então fica mais essa dica. Segundo o site, o objetivo do curso é desenvolver os alunos de forma individualizada, mantendo turmas reduzidas e aceitando desde estudantes de nível iniciante até avançado.

Ah, e aproveitando, separamos aqui algumas imagens do portfólio de Chris Sasaki, instrutor do curso de “character design“. Olha que bacana!

VISITE: The Animation Collaborative | Chris Sasaki blog | Sasaki no Character Design Blog

quarta-feira

Entender o Concept Design

Imagino que muitos dos leitores ao ver o que sempre é mostrado por aqui possam se perguntar o porquê de todo esse processo e como ele é desenvolvido. Se não todos, possivelmente aqueles que não tem formação em desenho industrial ou estão começando a se interessar pelo tema e na possibilidade de migrar sua carreira para essa área.

Para auxiliar a clarear um pouco esse objetivo, pensei em separar algumas pranchas criadas na FZD School (sempre me impressiono com o que anda sendo produzido por lá, por isso a escolhi) e tentar dar algum direcionamento para os mais novos. Vamos ver se ajuda.

Nesse tipo de pranchas de apresentação (acima) o objetivo é demonstrar como é o projeto que está sendo criado e como funcionarão seus mecanismos. Veja como a disposição das ilustrações sugerem uma leitura das etapas. A primeira coisa a ser vista, da esquerda para a direita e de cima para baixo, é o veículo não tripulado (Unmanned Vehicle) em um ângulo que favorece a visualização da escotilha. Na sequência, à direita, é mostrado em detalhes como a porta será aberta. Logo abaixo, o dispositivo já rebaixado, pendurado por um fio. Finalizando a apresentação, o dispositivo robô ativado e desativado.

Outro ponto muito importante nesse tipo de pranchas é a clara demonstração dos volumes dos objetos. Não deve haver dúvida com relação ao que é plano, curvado, liso, rugoso, brilhante e etc. no veículo ou no aparelho. Se necessário, pode-se criar pranchas complementares para exemplificar e detalhar outros objetos.

Esta prancha é de um “production sketch“, ou seja, um sketch criado para produção, e é por isso que as ilustrações contidas nele estão apenas em linhas. Até poderia ter mais detalhes ou cores, mas não precisa. O que precisa mesmo é que os desenhos contidos nele sejam claros e ilustrativos a ponto de falarem por si só, sem a necessidade de explicações verbais. O objetivo foi atingido.

Podemos pensar da segunda forma: nós pesquisamos, fizemos dezenas de sketches de estudo, temos claro em nossa mente como é cada forma desse objeto, veículo, criatura, construção ou seja lá o que iremos criar. Ótimo.

No entanto, o concept designer é uma peça num processo (na produção de um game, talvez), e parte de sua função é deixar claro, em forma de desenhos e anotações, tudo o que está em sua mente. É por isso que quanto melhor sua arte, seus fundamentos, mais claramente essas informações serão transmitidas. Se você tem problemas com desenho, seja com perspectiva, representação de volumes, de materiais ou no uso de cores, essa mensagem será falha e você precisará explicar suas idéias conversando com quem irá produzí-la (a equipe de 3D, por exemplo) e isso não é o esperado.

Esse é um dos motivos da minha admiração pela FZD e de seus métodos de ensino. Os esforços deFeng Zhu na preparação dos fundamentos dos seus alunos é louvável, e qualquer escola que pule essa etapa importantíssima vai deixar sequelas na formação de muitos futuros artistas. É bom ficar ligado nisso na hora de escolher hein! Cobre uma forte base nos fundamentos!

Pra conhecer mais trabalhos produzidos nas aulas da FZD, e ver como o concept design é aplicado na área de entretenimento, assista à demo reel da turma de 2010. Estude e aprenda.


.
Nota: todas as artes apresentadas nesse post são de propriedade da FZD School e de seus alunos.

A ÚLTIMA AGÊNCIA DE PUBLICIDADE DA TERRA


Será?

As belas Concept Arts do filme Thor

Revisitando o blog de Michael Kutsche, vi que recentemente ele publicou as artes criadas para o filme Thor.


Para conhecer mais artes veja o review do livro “The Art of Thor” no ParkaBlogs.

O trailer você vê logo abaixo:

Into the Pixel premia melhores na arte dos games

Into the Pixel premia melhores na arte dos games


A Into the Pixel, evento anual realizado pela Academy of Interactive Arts & Sciences, que desde 2004 vem premiando os melhores artistas da área de games divulgou recentemente os ganhadores da versão 2011. Acompanhe abaixo alguns dos premiados:

Artista: Jesse van Dijk / Game: Killzone 3

Artista: Ben Lo / Game: BioShock Infinite

Artista: David Guertin / Game: Ratchet & Clank: All 4 One

Artistas: Chris Moffitt, Brad Crow, Nathan Stefan, Bart Tiongson / Game: Orcs Must Die


Artista: Andrew Kim / Game: UNCHARTED 3: Drake’s Deception

Artista: Matt Rhodes / Game: Dragon Age 2

Para ver a lista completa dos ganhadores, acesse: INTO THE PIXEL 2011